terça-feira, 25 de agosto de 2009


SOBRA:

"O que quis eu não encontrei
Do sonho que havia, desencontrei
A esperança morreu, sem dar adeus a ninguém
Só restam as cinzas de um mundo vazio
No meu coração que está frio
Na noite sem lua do céu em que me perco
Nas estradas úmidas que dos meus olhos vertem
O sensível lamento de meu peito triste."

- Morceguinha Midnight, out/2008.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Muito bonita! Seria bom extrair alguns da Comunidade do Orkut e trazer para este "clube da Caverna".

    ResponderExcluir